VORTICETONA: O QUE EU LI - Da Literatura

06/05/2020

VORTICETONA: O QUE EU LI







Para quem acompanhou nas minhas redes sociais, nesse dia 1 de maio, estava participando de uma maratona 24 horas de leitura, organizada pela Tamirez, do Resenhando Sonhos. Essa maratona foi idealizada pelos participantes do clube do livro Vórtice Fantástico, de Porto Alegre, pois na última Maratona 24h No Sleep do canal da Tami, a nossa participação foi bem intensa e o grupo ficou animado para realizar uma atividade assim com as leituras que costumamos fazer no clube.

O Vórtice Fantástico de Porto Alegre existe desde março de 2016, com encontros mensais para discutir livros do gênero fantástico: fantasia, terror, ficção científica e subgêneros desses. O grupo possui em torno de 15 pessoas - atualmente 12 - e as discussões são presenciais. Infelizmente, diante da situação mundial de contágio pelo COVID-19, nossos encontros desde março deste ano têm sido on-line e não vemos a hora de toda essa situação voltar ao normal. Enquanto isso, vamos fazendo essas leituras assim, apoiando um ao outro através da internet.

Para montar a minha TBR da Vorticetona, eu preferi variar os textos e os assuntos para não ficar muito cansativa a leitura nas 24 horas de maratona, então, escolhi um livro para cada gênero literário lido pelo Vórtice e livros que já estavam na minha meta de leitura para 2020.




A curva do sonho - Ursula K. Le Guin




É um livro de ficção científica publicado pela editora Morro Branco em 2019. Tenho uma experiência não muito positiva com essa autora e quero ver se consigo me "destraumatizar". A escrita da Ursula K. Le Guin tem tudo para me cativar, mas quando lemos no Vórtice o livro A mão esquerda da escuridão, eu simplesmente não consegui terminar. Então, resolvi ler este, que ganhei de amigo secreto no ano passado e foi uma experiência bastante interessante dessa vez.




O instituto - Stephen King



O livro de terror que escolhi para a Vorticetona é, justamente, a nossa próxima discussão. Assim, achei importante dar uma adiantada nesse texto pois King tem uma escrita muito prolixa e mesmo amando o escritor, demoro muito para finalizar as leituras de seus livros.

Consegui ler metade do livro. Estou gostando bastante da leitura, mas em alguns momentos da maratona fiquei cansada e troquei por narrativas mais simples de ler.




O Coiso - Turma da Mônica




O Coiso é uma história em quadrinhos da Turma da Mônica, releitura da obra It - a Coisa, de Stephen King. Essa revista eu ganhei de uma amiga querida do Da Literatura Clube do Livro Online e aproveitei para ter um momento de tranquilidade na Maratona e me divertir um pouco.




A Guerra dos Tronos: The Graphic Novel: Volume 1




Como eu queria ler, no mínimo, um livro de cada gênero que costumamos ler no Vórtice, para fantasia, escolhi uma graphic novel que tenho há tempos aqui em casa e que não li até hoje. Estava com saudade de voltar ao universo de As Crônicas de Gelo e Fogo e foi muito legal ler essa história.

A apresentação do livro é escrita pelo próprio George R. R. Martin e achei seus comentários sobre as ilustrações e o próprio enredo bem interessantes, já que ele entende que é uma adaptação de sua obra e com uma linguagem diferentes. As ilustrações são bem bonitas e a história nesse volume 1 é bem fiel à obra. Gostei bastante.



Medo Imortal - Romeu Martins (org.)





Estava doida para ler esse livro porque é uma coletânea de contos brasileiros do gênero terror, diversificando a minha TBR da maratona. Não tinha o objetivo de ler o livro inteiro, já que ele possui mais de 400 páginas e a meta já possui King. Então, eu li todos os contos do Machado de Assis que iniciam a obra, então, li pouco mais de 100 páginas e finalizarei essa leitura até o final do mês.



Jogos Vorazes - Suzanne Collins




E, para finalizar a minha maratona, resolvi fazer a releitura de Jogos Vorazes, a distopia juvenil de que mais gosto. Um dos motivos de criar esse site foi, justamente, entrar em contato com esse tipo de leitura com a qual eu não estava acostumada na época. Considero essa saga uma das melhores leituras que fiz pois é bem escrita, possui personagens bem desenvolvidos e com motivações bem determinadas e os acontecimentos são possíveis de acontecer - aliás, minha opinião é de que já aconteceram, mas desenvolvo essa ideia melhor em um outro momento.

Na maratona, li metade do livro, totalizando 200 páginas.


Calculando o total de páginas nessa Maratona 24h No Sleep - Vorticetona, eu li 925 páginas. Achei que foi bem produtiva, considerando o fato de que fiquei MUITO CANSADA dessa vez.


Então, essas foram as minhas leituras da Vorticetona. Conta para mim se você já leu algum desses livros e como foi a experiência de leitura.


Ana Karina (ou só Karina) é a criadora e autora do blog Da Literatura. É gaúcha de Porto Alegre, geminiana tagarela e mãe da Capitu e do Bilbo. Atua como professora de Literatura e Língua Portuguesa da rede municipal e ama a sua profissão. Viciada em livros, cinema, arte e cultura geek. Adora viajar, conversar e fazer piadas sem graça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário