MULHERES ADMIRÁVEIS #34: MARIE LAVEAU

01/11/2019

Oi, gente! 

Para quem está acompanhando, todas as sextas-feiras, Lidiane Bach Leandro, do Rascunhando Silêncios, e eu publicaremos sobre a vida de 
MULHERES ADMIRÁVEIS.

Aproveitem para conhecê-las! 
😍

Nossa MULHER ADMIRÁVEL desta sexta-feira é a MARIE LAVEAU.


Era conhecida como a Rainha Vodu, uma mulher negra que se tornou uma das mulheres mais poderosas, influentes e temidas de Nova Orleans no século XIX!


Marie Catherine Laveau era filha de um agricultor branco e uma mulher negra; sua vida é envolta de mistérios e segredos, a começar por seu nascimento, acredita-se que ela nasceu em 10 de setembro de 1782, em Louisiana – bairro francês de Nova Orleans.

Laveau casou-se em 1819 com o haitiano Jacques Paris que havia se refugiado em Nova Orleans após fugir da Revolução Haitiana.

Durante o século XIX, houve muitas acusações de feitiçaria e heresia contra Laveau, diziam até que ela dançava nua com cobras. Com seus conhecimentos, ela teria curado pessoas vítimas de febre amarela e teria conseguido impedir que eliminassem as apresentações de teatro de sua filha – também acusada de práticas de bruxaria durante as  apresentações - que nada mais eram do que uma bela representação da cultura negra.



Marie desafiou a Igreja e a lei, ajudando muitos escravos a fugirem pelos túneis subterrâneos da cidade e estendendo a mão para aqueles que já eram livres, mas precisavam se unir e combater os falsos julgamentos. Dona de uma personalidade forte e cheia de autoconfiança, Laveau desafiou a sociedade conservadora da época, enfrentou diversos tribunais e ajudou muita gente com seus amuletos e sua ousadia.

Ela alimentou os doentes através de múltiplas epidemias, ficou nas forcas que ministravam aos condenados e foi acusada de causar a morte, através de vodu, tanto de um governador tenente quanto de um governador. Muitos a condenaram como bruxa, enquanto outros a elogiaram como santa.



Marie Laveau morreu em 15 de junho de 1881.

Gostou da nossa mulher admirável? Tem alguma mulher que você gostaria de ver aqui? Manda mensagem para a gente!

Ana Karina (ou só Karina) é a criadora e autora do blog Da Literatura. É gaúcha de Porto Alegre, geminiana tagarela e mãe da Capitu e do Bilbo. Atua como professora de Literatura e Língua Portuguesa da rede municipal e ama a sua profissão. Viciada em livros, cinema, arte e cultura geek. Adora viajar, conversar e fazer piadas sem graça.

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário