[Resenha] Sombras da Noite - Stephen King

20/10/2019

Título: Sombras da Noite
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Ano de publicação: 2016
Número de páginas: 411





Sinopse: No mundo sinistro e assustador a que Stephen King nos leva em Sombras da Noite acontecem coisas inimagináveis e impossíveis de definir. As estranhas presenças em Jerusalem's Lot, uma cidade abandonada há gerações - e por bons motivos. Atualmente, ninguém que perambula por lá após o pôr-do-sol volta com vida... As hediondas excrescências nas mãos de um ex-astronauta - minúsculos olhos redondos e amarelos que brotam através da pele, observando-o, não gostando do que vêem... A misteriosa garotinha perdida numa furiosa tempestade de neve no Maine, pedindo socorro com uma voz digna de piedade. Contudo, ela anda por cima da neva profunda e traiçoeira - sem deixar pegadas... As crianças de rostos sombrios numa cidade do Meio-Oeste onde ninguém parece viver além dos dezenove anos de idade... Os insetos no segundo porão da velha fábrica - abandonados na escuridão durante um século e agora assumindo formas e tamanho que a natureza jamais lhes destinou... E a gigantesca máquina de passar e dobrar a vapor na Lavanderia Fita Azul - uma impressionante e confiável peça de equipamento, até que prova pela primeira vez o sabor do sangue humano...



Sombras da Noite (Night Shift) é o primeiro livro de contos de Stephen King e sua primeira publicação foi em 1978. O livro é considerado por muitos a melhor coletânea de contos que King já escreveu.

Essa foi a minha primeira experiência de leitura de contos do King, então, não sei dizer ainda se é sua melhor coletânea. No entanto, posso afirmar que muitos dos textos lidos neste livro me fizeram perceber a qualidade da escrita do autor também em narrativas mais curtas.

O livro possui 20 contos ambientados em cenários bem comuns como um campus de universidade, uma fábrica, uma lavanderia, um milharal, uma praia. Como sabemos, qualquer lugar serve de pano de fundo para o sobrenatural, para o suspense e para terror psicológico, típicos do escritor.

Os meus contos preferidos do livro são: A Máquina de Passar Roupa, O Bicho-Papão, Campo de Batalha, Às Vezes Eles Voltam e Ex-Fumantes Ltda.




Uma temática de que gosto muito é quando o terror vem de objetos que têm vida própria e os personagens não sabem como reagir diante do desconhecido. Acho genial a forma com que King analisa o comportamento humano frente a essas situações.

Alguns desses contos foram adaptados para o cinema: As Crianças do Milharal (Colheita Maldita) O Homem do Cortador de Grama (O Passageiro do Futuro), A Máquina de Passar Roupa (Mangler: O Grito de Terror) e Às Vezes Eles Voltam.

Você já leu Sombras da Noite ou assistiu a algum desses filmes?

Ana Karina (ou só Karina) é a criadora e autora do blog Da Literatura. É gaúcha de Porto Alegre, geminiana tagarela e mãe da Capitu e do Bilbo. Atua como professora de Literatura e Língua Portuguesa da rede municipal e ama a sua profissão. Viciada em livros, cinema, arte e cultura geek. Adora viajar, conversar e fazer piadas sem graça.

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário