MULHERES ADMIRÁVEIS #4: Winnie Madikizela-Mandela

12/04/2019


Todas as sextas-feiras, Lidiane Bach Leandro, do Rascunhando Silêncios, e eu estaremos publicando sobre a vida de MULHERES ADMIRÁVEIS.

Aproveitem para conhecê-las! 😍


Nossa MULHER ADMIRÁVEL desta sexta é WINNIE MANDELA...




Winnie Madikizela-Mandela, nasceu em 26 de setembro 1936 no Vilarejo de Bizana, na África do Sul e faleceu no dia 02 de abril de 2018.

Formou-se como assistente social e enfermeira em Johannesburgo, sendo a PRIMEIRA MULHER NEGRA ASSISTENTE SOCIAL com diploma da África do Sul.

Indomável e carismática, Winnie tornou-se um importante rosto da luta anti-Apartheid ao assumir a bandeira de seu marido Nelson Mandela na prisão.



Contra todas as probabilidades, tornou-se uma das principais figuras do Congresso Nacional Africano (CNA), a ponta de lança da luta contra o apartheid. Em 1976, convocou os estudantes de Soweto revoltados a "lutar até o fim".

Nomeada vice-ministra da Cultura após as primeiras eleições multirraciais de 1994, Winnie foi demitida por insubordinação pelo governo de seu marido um ano depois.

Winnie foi uma figura polêmica, seu nome esteve envolvido em sequestros, assassinatos e fraudes, chegando a ser condenada a seis anos de prisão.



A ativista é lembrada por sua força e sua luta contra o apartheid e, também, pela libertação de Mandela. Winnie é sem dúvida uma das mulheres mais controversas do seu tempo.


Tem alguma mulher que você gostaria de ver aqui? Manda para gente!


Ana Karina (ou só Karina) é a criadora e autora do blog Da Literatura. É gaúcha de Porto Alegre, geminiana tagarela e mãe da Capitu e do Bilbo. Atua como professora de Literatura e Língua Portuguesa da rede municipal e ama a sua profissão. Viciada em livros, cinema, arte e cultura geek. Adora viajar, conversar e fazer piadas sem graça.

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário