COMO TREINAR O SEU DRAGÃO 3

17/01/2019





Data de lançamento: 17 de janeiro de 2019 
Direção: Dean DeBlois
Elenco: Jay Baruchel, America Ferrera, Cate Blanchett
Gênero: Animação




Sinopse: Agora chefe e governante de Berk ao lado de Astrid, Soluço criou uma gloriosa e caótica utopia de dragões. Quando a súbita aparição da Fúria da Luz coincide com a ameaça mais sombria que sua aldeia já enfrentou, Soluço e Banguela devem deixar seu verdadeiro lar e viajar para um mundo escondido que só existe nas lendas. À medida que seus verdadeiros destinos forem revelados, o dragão e o cavaleiro lutarão juntos - até os confins da Terra - para proteger tudo o que eles construíram até aqui.


Como Treinar o seu Dragão 3 é o capítulo final da franquia de animação Como Treinar o seu Dragão e, acredito eu, deixará seus fãs bastante satisfeitos.

Nesta aventura, no entanto, iremos nos deparar com um rumo um pouco diferente do que foi apresentado até então. Soluço, chefe e governante de Berk, vive em uma sociedade onde humanos e dragões dividem o mesmo espaço, respeitando suas diferenças. Essa mensagem já nos foi passada desde o primeiro filme da trilogia, sendo muito atual nesses tempos de reflexão sobre a intolerância. Na narrativa, porém, tornou-se um problema o espaço de convívio já que Soluço e seus amigos, quando surge a informação, libertam todos os dragões aprisionados por caçadores de dragões. Estes, levados para Berk, começam a conviver com os moradores da aldeia que já está superlotada.

Fiquei muito feliz com a abertura da história pois a ação ocorre dentro de uma embarcação em que vários dragões estão em jaulas e Soluço e Banguela chegam com seus amigos para libertá-los. Ao final da cena, o público já é apresentado a uma nova personagem, um dragão que não foi libertado: uma fêmea de Fúria da Noite. O fato de ela ter sido deixada para trás torna-se de suma importância para os caçadores de dragões pois, conforme o plano do vilão Grimmel, a Fúria da Luz será a isca utilizada para distrair Banguela e Grimmel conseguir finalizar seu projeto de vida que é o de caçar e matar todos os Fúria da Noite.




Grimmel acredita que os dragões são seres inferiores aos humanos e devem ser tratados com violência ou, ainda, dever servir aos humanos. Para capturar Banguela, ele usa Fúria da Luz para distraí-lo e, por esse motivo, as defesas de Berk acabam por ficar desguarnecidas e Soluço resolve levar todo o seu povo e os dragões para um local em que realmente todos possam viver juntos longe do perigo. Ao mesmo tempo, Soluço percebe que seu amigo está apaixonado pela Fúria da Luz e que para Banguela conquistá-la, precisa voar sozinho.





O que acho mais cativante na trama é justamente o romance entre os casais ser o ponto principal para o autoconhecimento. Astrid é uma grande companheira que auxilia Soluço a lidar com as suas inseguranças como líder e como amigo protetor de Banguela. Já o dragão, ao encontrar e se apaixonar por Fúria da Luz, também acaba por se conhecer melhor e perceber que quer viver ao lado de alguém. A jornada de cada um desses heróis torna-se individual.





Como Treinar o seu Dragão 3 possui uma trama simples, sem apresentar elementos complexos para incrementar a trama. Algumas pessoas podem até dizer que existem alguns clichês – até concordo – mas o foco do filme é retomar um universo já estabelecido e conduzir o público às imagens lindas, à trilha sonora tocante e à amizade comovente de Soluço e Banguela.

O convívio entre humanos e dragões continua sendo a temática principal da franquia, mas em Como Treinar seu Dragão 3 surge o questionamento de que talvez o ser humano esteja forçando esse convívio. Aceitar o diferente é trazê-lo para perto e viver com ele? Berk adaptou-se aos dragões e os trouxe para viver junto aos homens no entanto, em momento algum, os dragões foram questionados sobre isso. É uma boa metáfora para a nossa sociedade. Afinal, devemos adaptar os seres aos nossos espaços ou deixá-los livres para viver onde preferirem? (Aqui eu já pensei em mil acontecimentos da História da Humanidade... tenso!)




Como Treinar o seu Dragão 3 é um lindo encerramento dessa trilogia e que me surpreendeu bastante. A história é realmente emocionante, traz reflexões importantes sobre a vida em sociedade e uma linda mensagem sobre amor, amizade, companheirismo e liberdade.

Estreia hoje nos cinemas e eu recomendo muitíssimo!


Assista ao Trailer




Ana Karina (ou só Karina) é a criadora e autora do blog Da Literatura. É gaúcha de Porto Alegre, geminiana tagarela e mãe da Capitu e do Bilbo. Atua como professora de Literatura e Língua Portuguesa da rede municipal e ama a sua profissão. Viciada em livros, cinema, arte e cultura geek. Adora viajar, conversar e fazer piadas sem graça.

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário