Sétima arte: Venom

04/10/2018





Hoje (dia 04) estreia nos cinemas, Venom, uma tentativa da Sony de manter o universo do homem Aranha, sem o homem Aranha.






Na trama temos Eddie Brock (Tom Hardy) um repórter que ao investigar um cientista (Riz Ahmed), que está utilizando humanos como cobaias, acaba entrando em contato com um simbionte alienígena, que domina seu corpo e o transforma em Venom, um ser mortal e que se alimenta de humanos.
Ele precisa então deter o cientista e outro simbionte que caiu junto na Terra, e se livrar de Venom antes que ele consuma seu corpo.

O filme tem boas cenas de ação, que consistem no simbionte salvando Eddie Brock de diversas situações enquanto ele tenta controlar o próprio corpo, em contrapartida a batalha final entre simbiontes é confusa e diversas vezes não se entende o que está acontecendo na tela.



Não espere grande profundidade ou drama no filme, tudo é muito corrido e a gente nem vê o tempo passar, a impressão que dá é que cortaram cenas do filme que não deveriam, exemplos disso é a falta de violência em algumas cenas, e a motivação do simbionte em trocar de lado para ajudar o Eddie Brock não fazer o menor sentido.

O filme diverte, não é tão ruim quanto algumas resenhas mostraram, e também não é aquele filme que vamos relembrar daqui a algum tempo, mas cumpre seu papel, se vai ter continuação, (a cena pós créditos deixa um gancho para um segundo filme) ainda é cedo para dizer.

Venom tem direção de Ruben Fleischer, 
E conta no elenco com Tom Hardy, Michelle Williams, Riz Ahmed Jenny Slate, Reid Scott.
Ainda não chegamos num consenso quanto à duração do filme, mas no Imdb mostra 1h52min.


Confira também o Geekburger sobre o filme, com Luis Volkweis, Evandro Morais, Maurício Saldanha e Rafael Hires:


Luis é podcaster, criador do Geekburger, resultado de uma vida inteira de filmes ruins, cultura pop, hardcore/metal e faz burgers bons pra c#*@O!

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário