TODO DIA A GENTE MUDA UM POUQUINHO

24/07/2018




Estreia na próxima quinta-feira, 26 de julho, o drama adolescente Todo dia (Every Day, no original), baseado no livro homônimo do escritor David Levithan (autor de Garoto encontra garoto e outras obras bem conhecidas). O filme conta a história de Rhiannon (Angourie Rice), uma menina de 16 anos que se apaixona por uma pessoa misteriosa chamada “A” que troca de corpo todos os dias.



Mais especificamente, a sua alma ocupa um corpo diferente a cada 24 horas, “roubando” um dia da vida de cada pessoa em que habita. É uma existência tão interessante quanto solitária: ao mesmo tempo em que A tem a oportunidade de viver centenas de vidas diferentes em uma só, família e amigos mudam constantemente, o que impede a criação de conexões duradouras. 









Tudo muda quando A conhece Rhiannon e o casal se esforça para conseguir se encontrar todos os dias. Durante algum tempo, a relação vai bem, até que algumas dificuldades e dúvidas sobre o futuro começam a surgir.



O filme é bonitinho, e a história fantástica é uma metáfora para falar de relações amorosas. Primeiro, tem o óbvio de se gostar da pessoa em si, sem ligar para o corpo ou gênero.


Segundo, tem a questão das constantes mudanças. Em qualquer relacionamento, é natural que as pessoas envolvidas e a dinâmica do casal mudem com o tempo. Afinal, a nossa vida evolui, se transforma, assim como nossos desejos e expectativas.



O escritor inglês Somerset Maugham, em seu livro de memórias The Summing Up, escreveu: “Nós não somos as mesmas pessoas do ano passado, nem o são aqueles que amamos. É uma sorte, e uma alegria, se nós, mudando, continuamos a amar a outra pessoa, mudada”.




A possibilidade de que a mudança possa separar um casal no futuro está sempre lá, mas nós investimos todas as nossas fichas em uma relação porque essa ameaça é só isso, uma possibilidade.




Mas e se a mudança fosse certa, e os conflitos, inevitáveis, como no caso de Rhiannon e A? Com uma relação tão complicada, eles precisarão decidir se estão dispostos a encarar os desafios que estão por vir.


Todo dia (Every Day)
Estados Unidos, 2018, 1h37.
Direção de Michael Sucsy. Com Angourie Rice e Justice Smith.






Priscila Zigunovas é jornalista e fundadora da Think, Mario Estúdio de Conteúdo. Escreve sobre cultura, educação, gastronomia e o que mais der vontade. Ainda sonha em ser patinadora do Carrefour.

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário